Música clássica para download gratuito e legal 

Tendo em conta a popularidade da procura de música clássica para download gratuito e legal, decidi reescrever e actualizar este artigo, que era de 2006, e complementá-lo através dos tempos.

Actualização de Julho de 2011

Atenção: site com toda a obra de Wolfgang Amadeus Mozart para download legal.

Lista de outros recursos

  • Obras de Bach, Mozart, Beethoven, Debussy e Chopin. No domínio público. Para ouvir, apreciar, saborear, cultivar. Gratuitamente. E muito mais, música clássica livre é o post-revelação do Miguel Caetano, cujo Remixtures é do que de melhor se publica em Portugal sobre a cultura livre, o domínio público, o copyleft e a cibercultura em geral.
  • O site Free classical music é um directório com links para quase 5.000 performances clássicas, navegável por compositor e por peça.
  • Os Classical Archives funciona num regime misto: tem faixas gratuitas, mas com limitações, e dá acesso sem reservas a todo o catálogo de mais de 40.000 peças completas de +2.000 compositores aos subscritores (25 dólares anuais, é barato).
  • Movimento.com é um website de informação sobre a música clássica no Brasil (a foto de cima foi picada de lá, pertence à retrospectiva de Jocy de Oliveira).
  • Partituras de Albinoni, Andrea Boccelli, Bach, Sarah Brigtman, Faure, Puccini, Schubert, Villa Lobos e Vivaldi, para estudar e tocar, estão nesta página produzida por alunos do Colégio Raínha da Paz
  • Mais partituras, ms num site inglês e com melhor organização: Music scores.

Se gosta de jazz e da música editada nos velhinhos 78 rotações da primeira metade do século XX, então leia Jazz, blues, swing — o fabuloso mundo das 78 r.p.m. está por descobrir onde, além de uma pequena selecção do meu gosto de swing e blues, dispõe dos links de um fabuloso arquivo de gravações desse tempo convertidas para mp3 e disponíveis online.

Actualização em 16 Dezembro 2008: Apesar de não versar música gratuita, dada a sua qualidade decidi incluir aqui As 10 melhores gravações de 2008, uma lista da New Yorker (recomenda-se a leitura do original aqui):

  • Crystal Tears”: songs of Dowland, Robert Johnson, Byrd, and others; Andreas Scholl, countertenor, Julian Behr, lute and Concerto di viole (Harmonia Mundi).
  • Schumann, “Dichterliebe” and other Heine Lieder; Gerald Finley, baritone, and Julius Drake, piano (Hyperion).
  • Heavenly Harmonies”: music of Tallis and Byrd; Stile Antico (Harmonia Mundi).
  • Morton Feldman, “The Viola in My Life” (I-IV); Marek Konstantynowicz, viola, with Christian Eggen conducting the Cikada Ensemble and the Norwegian Radio Orchestra (ECM).
  • Gods, Kings, and Demons”: René Pape, bass, with Sebastian Weigle conducting the Staatskapelle Dresden (Deutsche Grammophon).
  • Jonathan Harvey, “Body Mandala,” “Tranquil Abiding,” “Timepieces,” “White As Jasmine,” “…Towards a Pure Land”: Ilan Volkov and Stefan Solyom conducting the BBC Scottish Symphony Orchestra (NMC).
  • Hommage à Messiaen”: Pierre-Laurent Aimard, piano (Deutsche Grammophon).
  • John Adams, “Doctor Atomic”: Gerald Finley, baritone, with Lawrence Renes conducting the Netherlands Opera (Opus Arte DVD).
  • Chopin, Preludes, and pieces by Mompou: Alexandre Tharaud, piano (Harmonia Mundi).
  • Brahms and Schumann Lieder: Lorraine Hunt Lieberson, mezzo-soprano, and Julius Drake, piano (Wigmore Hall Live).

Se tiver sugestões ou comentários, use a caixa de comentários abaixo, obrigado.

3730.jpg

Seção: Economia, pessoal | Tags: , | Permalink.


Discussion